• Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone Pinterest
  • Preto Ícone Instagram

© 2020 by Sirlanney.

Todo dia ela faz tudo sempre igual.

Atualizado: Fev 17


Pedaço da página 33 de Até Marrakech

Ah... Escrevendo meio sem saber o que escrever. Apenas para estimular o hábito de manter o blog atualizado. Digo, não preparei uma postagem inspirada em torno de algum tema, como eu gostaria que fosse sempre aqui. Vou só lançar um panorama sobre esses dias e o que tenho feito, da forma mais breve possível, claro.


Para começar, não consegui seguir o cronograma de escrever segundas, quartas e sextas. Quarta estava viajando, sexta estava correndo para terminar o capítulo 8 de "Até Marrakech" (a novela gráfica que estou escrevendo) e postar no Catarse para os assinantes . O Cartarse e o livro são minhas prioridades agora. No capítulo que terminei essa semana, falei exatamente sobre essa minha ilusão de querer realizar muitas atividades artísticas ao mesmo tempo, como pintar telas, fazer estudos e desenhos de observação, fazer quadrinhos, zines, etc etc. O que, invariavelmente, me leva a alguma depressão por não conseguir fazer tudo. Portanto, é uma ambição que aprendi a evitar. Agora eu sigo um cronograma bem realista para a produção do livro. Fui criando de acordo com a produção: observando o que eu conseguia fazer, dentro do tempo e energia que tenho disponível. Agora estou com uma meta de produzir 5 páginas por semana, o que é uma quantia bem baixa, e acredito que posso acelerar. Ainda assim, essa meta mínima me mantem ocupada das 8h às 18h, com intervalo de 1h pro almoço, claro. A primeira hora (de 8h às 9h), eu também passo às vezes olhando e respondendo emails, arrumando a mesa de trabalho, atualizando o bullet journal, etc. Esse horário de trabalho se repete todos os dias da semana, a menos que eu viaje. Cada dia faço uma etapa do trabalho. Por exemplo: um dia esboço as páginas, no outro dia desenho, no outro finalizo e assim por diante.

As três etapas de uma página.

Agora o que eu tento fazer é acabar tudo até sexta-feira e ter o sábado e o domingo livres, para fazer algumas dessas coisas: pintar, estudos, arrumar a loja/site, fazer quadrinhos, etc. E, bom, essa é minha rotina semanal, essa é minha vida. Não reclamo, não acho que trabalho demais. Trabalho fazendo o que amo. Tudo que faço em torno disso eu amo: ler, estudar, desenhar. Tento apenas organizar o tempo, para que eu consiga realizar tudo isso que amo... E organizar minha energia também... Porque, mesmo amando, as vezes eu fico bem cansada e só quero assistir um filme, sair para passear e beber uma cerveja.